Está disponível o fanzine de quadrinhos e divulgação “Quadrinhos Independentes” número 91

Está disponível a edição 91 (Março/Abril de 2008) do fanzine “Quadrinhos Independentes”, editado por Edgard Guimarães, com 20 páginas, formato meio ofício e impressão off-set.
Conteúdo: artigos sobre quadrinhos, episódios de “Entendendo a Linguagem das HQs”, do próprio Edgard, anúncios, seção de cartas dos leitores e divulgação de fanzines.
Contatos:
A/C Edgard Guimarães
Rua Capitão Gomes 168 – Brasópolis/MG – CEP 37530-000
e-mail: edgard@ele.ita.br

Leia a coluna dos dias 29 e 30/03/08 do escritor Roberto de Sousa Causo no “Terra Magazine”


(mensagem de Roberto de Sousa Causo)
Resenhamos o filme de Roland Emmerich, “10.000 A.C.”, e aproveitamos para discutir um pouquinho da ficção científica pré-histórica.
Confira em:
Também trazemos mais dois depoimentos sobre Arthur C. Clarke, morto recentemente. Um é do escritor Bráulio Tavares, outro é do historiador Vidal A. A. Costa.
Confira em:
Confira também lançamentos e novidades nos drops, em:

Aproveito para informar que a antologia editada por mim, “Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica” (Devir Livraria), foi resenhada há pouco na revista “Scientific American Brasil” N.º 71:
"O grande atrativo de Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica é acompanhar como autores — fãs de Júlio Verne, H. G. Wells, Aldous Huxley, Arthur C. Clarke e outros grandes nomes da ficção científica — relatam aventuras de outros mundos sob uma óptica tipicamente brasileira."— Ana Paula Corradini. Scientific American Brasil N.º 71, abril de 2008.

Um recado:
Mesa-Redonda Sobre os Rumos da FCB: "Os Novos Rumos da Ficção Científica Brasileira", com mediação de Ana Cristina Rodrigues (presidente do Clube de Leitores de Ficção Científica - CLFC) e participação de Gerson Lodi-Ribeiro, Cristina Lasaitis, Fábio Fernandes, Carlos Orsi, Richard Diegues, Clinton Davison e Roberto de Sousa Causo. Haverá sorteio de exemplares das antologias Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica e Volta ao Mundo da Ficção Científica. Sábado, dia 29 de março, às 17h00, na Livraria Cultura - Shopping Market Place - Av. Dr. Chucri Zaidan, 902.

O escritor Adriano Siqueira estará divulgando o livro “Amor Vampiro” na “Festa Erótica Art & Music”, dia 29/03/08, em São Paulo


O escritor e colecionador de materiais sobre vampirismo Adriano Siqueira, estará no evento abaixo para divulgar o livro “Amor Vampiro”, e também para entregar fanzines grátis de contos de vampiros e terror.

EROTICA Art & Music
A Festa Onde Tudo Acontece!!
SÁBADO, 29 DE MARCO DE 2008 - 22h às 6h
Ocean Club
Rua Nestor Pestana, 189 – Próx. Metrô Anhangabaú – Centro/SP
Fone: 3481-6409

8 Bandas + 8 DJs + 3 Pistas + 2 Palcos + Dark Room + Performances + Open Bar...
Entre na Comunidade:
8 BANDAS:
TEARS OF BLOOD (Gothic Rock)
VAMPPYSTAR (Industrial/RJ)
PROPHANA (Industrial)
INTERLUDE (The Cure)
DEPECHE MODE (Strange Mode)
HIM (Nowhere)
HEVORAH (Nightwish)
LASCYVIA (A.Forever)
Live Performances:
Strippers / Erotic Dance / Lesbian Shows / Sadomasoquismo / Fetiches
8 DJs:
Jack, Fabiano, Led, Filth, A.Pacianotto, A Industrya, Bonek Mecanik e Camila
OPEN BAR das 0h às 3h
Cerveja, Refri, Vodka, Destilados, Licores, Batidas, Drinks
Homens: R$ 23 / Mulheres: R$ 15

Confira o cartaz do filme nacional “A Capital dos Mortos”, que estreará num cinema de Brasília/DF em 01/05/08


Dia 1º de maio, às 20 horas, estreará o filme independente nacional de zumbis “A Capital dos Mortos”, dirigido por Tiago Belotti. O local será o “Cine Brasília”, um cinema com capacidade para 600 lugares e de grande importância cultural na cidade.
Para mais informações, entre em contato pelo e-mail:
acapitaldosmortos@gmail.com
Ou acessem a comunidade do filme no orkut:
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=8085362

Comentário de filme: “O Exército do Extermínio” (The Crazies, 1973), dirigido por George Romero


Um avião cai próximo a Evan´s City, uma pequena cidade no Estado americano da Pennsylvania. Porém, ele estava transportando uma carga perigosa, um tipo de arma bacteriológica, num projeto secreto chamado “Trixie”. O vírus contagioso de uma vacina experimental criada em laboratório atinge a reserva de água local e chega até os habitantes da cidade, que foram contaminados e passaram a demonstrar sinais de loucura, com comportamentos violentos. O exército logo interfere, invadindo a cidade para tentar conter a epidemia, instaurando um estado de quarentena, sob o comando do Major Ryder (Harry Spillman) e do Coronel Peckem (Lloyd Hollar), que recebem o auxílio do cientista Dr. Watts (Richard France), que estuda o vírus para descobrir um antídoto, a possibilidade de alguém imune à doença e uma forma de controlar o contágio. No meio da imensa confusão e caos que se abateu sobre a cidade dominada pelo exército, um grupo de habitantes tenta entender a situação e escapar, formado pelos bombeiros Clank (Harold Wayne Jones) e David (W. G. McMillan), a namorada grávida de David, a enfermeira Judy (Lane Carroll), além de um pai de família, Artie (Richard Liberty), e sua filha Kathy (Lynn Lowry).
O Exército do Extermínio” (The Crazies) é uma produção de 1973 com direção do especialista George Romero, o pai dos zumbis no cinema, que lançou cinco anos antes o clássico “A Noite dos Mortos-Vivos” (Night of the Living Dead). O tema pode ser considerado hoje como algo comum e largamente explorado, mas para o início dos anos 70 do século passado, a idéia despertava bastante interesse, ao mostrar uma cidade sitiada pelo exército para tentar conter uma epidemia catastrófica, transformando as pessoas em assassinas enlouquecidas, por causa dos efeitos descontroláveis de um vírus experimental de guerra. Os militares tratam o assunto como um problema que deve ser solucionado de forma lógica, ou seja, utilizando de violência e extermínio se necessário, para evitar conseqüências piores, como uma disseminação em larga escala para outras cidades. Por isso, não faltam tiroteios, desespero, loucura, assassinatos frios, mortes violentas, de ambos os lados, tanto dos soldados do exército invasor, como dos habitantes que tentam resistir e fugir do caos. É um dos filmes da carreira de Romero que é sempre lembrado por seus fãs, e também como uma referência da temática de epidemia e forma violenta de tentar mantê-la sob controle.
Curiosamente, aumentando as estatísticas de refilmagens (e confirmando a falta de criatividade dos roteiristas), “O Exército do Extermínio” também está ganhando a sua versão mais atualizada, com previsão de lançamento em 2008 e direção de Breck Eisner.

O “Cinetrash Astronete” exibirá “The Last Round”, filme italiano de 1976, no dia 26/03/08, em São Paulo


Quarta, dia 26/03: “Cinetrash Astronete”.
No mês de março o “Cine Trash Astronete” faz homenagem ao cinema policial italiano dos anos 70. Mafiosos inescropulosos, tiras corruptos, italianas esculturais, perseguições implacáveis e metralhadoras descontroladas!
Em cartaz: “The Last Round
Direção: Stelvio Massi. Itália, 1976. 112 minutos.

Um clássico do cinema mafioso italiano que conta mais uma vez com nosso herói Luc Merenda. Agora ele está realmente furioso e com sede de vingança! Para isso ele se infiltra numa gangue de mafiosos para acabar de uma vez por todas com todos esses malditos criminosos assassinos inescrupulosos e sanguinolentos!!! Cabeças vão rolar...
Sessão às 22hs. Grátis!!!

Rua Matias Aires 183. Consolação – São Paulo/SP – fone 11-3151-4568
Site: www.astronete.com.br

Ajude o site “Sombrias Escrituras” comprando seus fanzines de literatura soturna


(mensagem de Alexandre Souza)

Sombrias Escrituras” vem informar que devido ao aumento de publicações no site, precisamos mudar para um plano com maior capacidade de memória com nosso servidor de hospedagem.
Para isso, precisamos da ajuda de nossos leitores e colaboradores. O site sobrevive graças às vendas dos fanzines “Sombrias Escrituras”, que pagam o custo de hospedagem, portanto, pedimos apenas que os interessados em ajudar o site comprem nossos fanzines, que podem ser escolhidos na página do zine:
http://www.sombriasescrituras.com/pagina_do_zine.htm
Desde já agradecemos a ajuda, que consideramos de grande importância.

“Os Quadrinhos de Terror” - Palestra no “II Encontro Mistério & Horror RPG”, dia 30/03/08 em São Paulo


(dica de Leandro Raniero Fernandes)

Data: 30 de março de 2008
Horário: 16h e 30 min às 18h
Palestrante: Nobuyoshi Chinen
O horror se manifesta de diversas formas. Afora a grande visibilidade alcançada pelo gênero nos meios cinematográficos e literários, este desempenhou, no decorrer das décadas, papel de destaque também no campo da arte seqüencial. Assim, serão abordados nesta palestra:
- A explosão do gênero nos Estados Unidos e o apogeu da EC Comics.
- A campanha contra os quadrinhos de terror, o papel do Dr. Fredric Wertham e o Comics Code.
- Quadrinhos de Terror no Brasil.
- A evolução de personagens: Vampirella, Monstro do Pântano, Constantine e Sandman.
- A revista Kripta e a nova onda do terror nacional: Spektro, Calafrio e Mestres do Terror.
- O quadrinho de terror italiano Dylan Dog e companhia.
- Mangás de terror.
Sobre o palestrante:
Nobuyoshi Chinen (foto) é bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Taubaté e professor de Comunicação nas Faculdades Integradas Interamericanas. Membro do Observatório de Histórias em Quadrinhos da ECA-USP (antigo Núcleo de Pesquisa em Histórias em Quadrinhos). Criador e redator da seção VuptVaptPum, página semanal sobre HQs, publicada entre 1987-1989, no jornal Valeparaibano, de São José dos Campos. Organizador da Primeira Expo Quadrinhos do Vale, em 1986. Ex-editor do fanzine Clube do Mangá, da Abrademi. Escritor, com conto premiado e incluído na Primeira Antologia de Contos do Vale do Paraíba. Autor do livro Os Rios e as Cidades, em comemoração à inauguração do Edifício BankBoston. Colaborador do site Universo HQ.
II Encontro Mistério & Horror RPG
A palestra Os Quadrinhos de Terror integra o II Encontro Mistério & Horror RPG. Para ajudar a Biblioteca Monteiro Lobato na formação de sua gibiteca, a LUDUS CULTURALIS sorteará um livro de RPG entre aqueles que trouxerem para doação uma revista em quadrinhos com tema infantil, como por exemplo Disney ou Turma da Mônica, em bom estado. Para maiores informações sobre o evento como um todo, acesse:
http://www.ludusculturalis.org.br/eventos/ver_evento.php?id=0031&url=1
Domingo RPG na Monteiro Lobato apresenta:
II Encontro Mistério & Horror RPG
Data: Domingo, 30 de março de 2008.
Horário: Das 12 às 18 horas.
Local: Biblioteca Monteiro Lobato – Rua General Jardim, 485 – Vila Buarque – São Paulo/SP – CEP 01223-011
Para maiores informações sobre como chegar ao local, acesse:
http://portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/cultura/bibliotecas/monteiro_lobato/0009

“Behemoth” (Polônia) fará única apresentação no Brasil em 08/05/08 no “Hangar 110”, São Paulo






A banda polonesa “Behemoth” fará um único show no Brasil em 08/05/08 (Quinta-feira), às 20:00 horas, no “Hangar 110”, em São Paulo/SP. A abertura será das bandas nacionais “Hellishthrone” e “Enterro”.
Pontos de venda de ingressos:
“Paranoid” – Galeria 24 de Maio loja 315 – Centro SP – fone 11-3221-5927
“Primordial” – Galeria 24 de Maio loja 306 – Centro SP – fone 11-3333-3563
Ingressos antecipados e limitados com desconto:
R$ 50,00 – estudante, R$ 70,00 – promocional, R$ 100,00 – inteira
Vendas pelo telefone 11-3637-7911 (horário comercial)

“Hangar 110” – Rua Rodolfo Miranda 110 – Bom Retiro (100 metros do Metrô Armênia) – 11-3229-7442

Leia a coluna dos dias 22 e 23/03/08 do escritor Roberto de Sousa Causo no “Terra Magazine”


(mensagem de Roberto de Sousa Causo)
O obituário do mestre inglês da ficção científica, Arthur C. Clarke, está em:
Personalidades da FC brasileira e leitores da coluna comentam a morte do escritor e a influência dele em suas vidas. Textos de Jorge Luiz Calife, André Carneiro, Nelson de Oliveira e outros. Em:

“Marduk” e “Vader” retornam ao Brasil para o “VII Extreme Metal Fest”, evento anual organizado pela “Tumba Productions”






A etapa do “VII Extreme Metal Fest” na cidade de São Paulo foi realizada no “Hangar 110” (Bom Retiro), no dia 21/03/08, um feriado religioso que trouxe de positivo a facilidade de se locomover numa cidade caótica como São Paulo, pois o trânsito estava excepcionalmente favorável.
A banda de abertura foi “Gestos Grosseiros”, de Guarulhos/SP, que iniciou a apresentação às 20:00 horas, com um show de trinta minutos, dando seu recado com um Death Metal tradicional e bem executado, como parte da turnê “Brazilian Countdown to Kill”.
Entre 20:30 e 22:15 horas, houve uma enorme interrupção por problemas técnicos, onde alguém da equipe da casa informou tratar-se de uma fonte queimada. Foi um fato que incomodou bastante, gerando cansaço e irritação no público.
Às 22:15 horas subiram ao palco os veteranos poloneses do “Vader”, que já estão acostumados em tocar no Brasil, detonando um set de cerca de 50 minutos, divulgando o último CD “Impressions in Blood” (2006). O destaque é o baterista Darek Brzozowski, que parece uma britadeira humana nos dois bumbos.
Depois de mais um intervalo de aproximadamente meia hora, chegou a vez dos suecos do “Marduk” subirem ao palco para fazerem seu show, que foi curto (apenas uma hora de duração), divulgando o CD “Rom 5:12” (2007). No setlist tivemos os petardos sonoros “The Levelling Dust”, “Baptism by Fire”, “Still Fucking Dead (Here´s No Peace)”, “With Satan and Victorious Weapons”, “Imago Mortis”, “Beast of Prey”, “Those of the Unlight”, “Beyond the Grace of God”, “Materialized in Stone”, “The Hangman of Prague”, “Wolves”, “Limbs of Worship”, e fechando com a devastadora “Panzer Division Marduk”. Os problemas técnicos atrapalharam a performance da banda, pois o vocal de Mortuus estava baixo. Esperava por um inexistente encore e percebi um pouco de falta de empolgação do “Marduk”, talvez até motivada pela sucessão de problemas do “Hangar 110”, que além de desconfortável, demonstra claramente deficiências na estrutura técnica de som. Curiosamente, no dia anterior, 20/03, quinta-feira, a banda deveria tocar em Campinas/SP no “Hammer Rock Bar”, mas não conseguiu chegar a tempo por problemas no vôo, e apenas o “Vader” fez seu show. E completando a sucessão de equívocos, o “Marduk” ainda teve o azar de suas bagagens (roupas e instrumentos) terem sido desviados indo parar em outro aeroporto, e eles tiveram que tocar no “Hangar 110” com os materiais emprestados do “Vader”, contribuindo para o visível abatimento dos músicos durante o show. Eles pediam mais participação do público, que por sua vez também não estava tão receptivo como normalmente já é sua característica (aliás, um fato sempre muito comentado pelas bandas internacionais que tocam no Brasil), pois os fãs também sentiram tanto os problemas técnicos de som e atrasos do “Hangar 110” quanto um certo desânimo da banda por tudo que foi relatado aqui. Mas, no final, o que interessa mesmo é que foi mais um show do “Marduk”, uma das principais bandas de metal extremo do mundo.
O ano de 2008 será interessante para os fãs de metal extremo, pois teremos muitos shows de bandas internacionais em São Paulo. No dia 18/04 tem “Obituary” e “Dying Fetus” (as duas dos EUA) e no dia 08/05 tem “Behemoth” (Polônia), ambos no “Hangar 110”. Também em Maio tem “Besatt” (Polônia). E para o segundo semestre tem “Desaster” (Alemanha), e “Suffocation” e “Sadus” (ambas bandas americanas) no festival “Setembro Negro”, da “Tumba Productions”...

“V” de Vampiro e de Vitória”, pensamento vampiro, por Adriano Siqueira


"V" de Vampiro e de Vitória, por Adriano Siqueira
Aquelas noites onde tudo sai errado...
Aqueles momentos onde vocês perdem muitas oportunidades na tentativa de conquistar algo novo.
Ficam revoltados por não alcançarem seus objetivos.
Vampiros também passam por isso.
Os nossos objetivos não são alcançados sem esforços, sem luta.
Mas não importa quantas vezes somos derrotados.
O que importa é não sermos derrotados por dentro.
Tudo pode se destruir ao nosso lado.
Podemos perder o nosso castelo, nosso melhor vinho, nosso lugar para dormir.
Mas, não podemos nos perder.
Precisamos da nossa energia, do nosso corpo e mente para prosseguir.
Dependemos do nosso poder interior para batalhar, guerrilhar e lutar.
Só assim obteremos nossa vitória, nosso sucesso.
Somos vampiros! Somos imortais.
Tenha todos uma adorável noite.
Adriano Siqueira

Entre na COMUNIDADE AMOR VAMPIRO no Orkut:

Lançamento de CD: “Gothik Kama Sutra”


(mensagem de Edgar Franco)

Prezados amigos & fans do POSTHUMAN TANTRA,
A parceria especial entre a lendária banda de rock progressivo ALPHA III (capitaneada pelo famoso tecladista Amyr Cantúsio Jr.) e o POSTHUMAN TANTRA acaba de ser concretizada!
O CD chamado "GOTHIK KAMA SUTRA" acaba de ser lançado e inclui 11 composições (5 em parceria entre as duas bandas), as músicas apresentam um mix de dark ambient, industrial, space prog e alguns elementos da sonoridade gótica. O álbum também inclui participações especiais de músicos consagrados da cena gótica brasileira na faixa "My Posthuman Lover" - o vocalista Claudionosfera (BELLS OF SOUL) e também Getulio Silenzio (GARGULA VALZER). O CD é uma produção independente que contou com o apoio da ANAITES PRODS (www.anaites-distro.com) & LEGATUS RECORDS (www.legatusrecords.com). Toda a arte gráfica de capa e encarte ficou a cargo de Edgar Franco.

Tracklist:
GOTHIK KAMA SUTRA
Alpha III & Posthuman Tantra
1 - Gothik Kamasutra
2 - The Infinite Ethereal Memes of the Universe
3 - The Search of Francesco Bernardone’s Neurocosmic Circuit
4 - Mystery of the Atomic Cathedrals
5 - Another Transgenic Mistake
6 - The Gaia Umbilical Cells’ Infinite Regeneration
7 - Intergalactic Sepulcrum
8 - The Ayahuasca Chamaleon Spirits
9 - My Posthuman Lover
10 - X-Tantric Mechanic
11 - The Light of the Mermaid’s DNA
Tracks 1, 4 & 7 by Alpha III
Tracks 3, 6 & 9 by Posthuman Tantra
Tracks 2, 5, 10 & 11 by Posthuman Tantra & Alpha III

Para adquirir o CD entrem em contato pelo e-mail: oidicius@hotmail.com
Trocas são bem vindas!
Zines, revistas & webzines interessados em cópias promo do CD para resenhar entrem em contato pelo mesmo e-mail!
Um abraço pós-humano,
Edgar Franco & Posthuman Tantra
Prof. Dr. Edgar Silveira Franco
Ph.D. in Arts and Associate Professor
Pontifical Catholic University of Minas Gerais – Campus at Poços de Caldas
Phone (voice): +55 35 3715 6968 Brazil.
www.posthumantantra.legatusrecords.net
www.myspace.com/posthumantantras
www.fotolog.net/edgar_franco
www.ritualart.net

Confira os lançamentos da “Daylight Films” em DVD no mês de Abril


Caos e Cadáveres (Chaos and Cadavers, Inglaterra, 2003)
Sinopse: O casal Edward (NICK MORAN) e Samantha (KEELEY HAWES) chega a um luxuoso hotel para curtir sua lua de mel, e são surpreendidos pela lotação do local, que está prestes a receber uma turma de convidados excitadíssimos para participar a Conferencia Anual de Diretores Fúnebres. Depois de muito tumulto, Edward, com seu pavor da morte e um pouco bêbado resolve subir para seu quarto e chega tropicando na escuridão, rasteja até a cama e de repente dá de cara com Mr Resurrection, pálido e com um biscoito entalado em sua garganta.
Direção de Niklaus Hilber. Com Ian McNeice, Keeley Hawes e Nick Moran. Inglaterra, Comédia.

Corpos que Caem (Dead Bodies, Irlanda, 2003)
Sinopse: Esse noir do século XXI conta a história de Tommy (Andrew Scott), um jovem bastante calmo, que tem o seu trabalho apenas como uma distração; o que importa para ele é que a vida existe para ser vivida. Esta situação muda abruptamente quando sua ex-namorada reaparece: cabeça dura, contra tudo, exceto fazer da vida de Tommy uma miséria. Esta situação poderia ser interminável, mas um dilema surge, um dilema muito mais complicado que decidir a qual festa ir... O que segue é uma história de compromisso e corrupção, porque ao usar a mentira, Tommy vai para um caminho cada vez mais escuro, e ele não tem idéia para onde isso pode levá-lo.
Direção de Robert Quinn. Com Eamonn Owens, Jer O'Leary, Sarah Jane Drummey e Katy Davis. Irlanda, Suspense.

Comentário de filme: “O Sótão” (The Attic, 2008), dirigido por Mary Lambert


O Sótão” (The Attic, 2008) é um daqueles filmes apenas comuns que são produzidos em grande escala nos Estados Unidos. Para nós, brasileiros, podemos usar como referência para defini-lo, a associação com a tradicional sessão “Supercine”, dos sábados noturnos da TV Globo, onde são exibidos frequentemente aqueles filmes de suspense mornos e sem atrativos significativos.
As únicas curiosidades que se podem notar é a direção de Mary Lambert, mais conhecida por “O Cemitério Maldito” (Pet Sematary, 1989), inspirado em livro de Stephen King, e também pela continuação lançada três anos depois, além da presença do veterano ator John Savage, um rosto conhecido por uma infinidade de filmes menores (seu currículo conta com quase 150 filmes).

Uma jovem, Emma Callan (Elisabeth Moss) muda-se com sua família para um casarão que tem um sótão misterioso. Sentindo-se incomodada pela presença de alguém que alega ser sua irmã gêmea desaparecida, ela entra num processo de depressão e não sai de casa de forma alguma, apesar das tentativas dos pais Graham (John Savage) e Kim (Catherine Mary Stewart), e do irmão meio retardado Frankie (Tom Malloy, que além de ator, escreveu a história do filme e foi um dos produtores). Emma recebe o auxílio do psiquiatra Dr. Perry (Thomas Jay Ryan) em várias sessões de análise sem resultados, e tem um amigo, John Trevor (Jason Lewis), um paramédico que também faz pequenos trabalhos de detetive, e que tenta ajuda-la na investigação de seu passado obscuro e da irmã. Juntos, eles tentam descobrir o mistério do sótão e das sinistras aparições.

Fraco e sem graça, o filme é sonolento e óbvio demais, misturando elementos de uma fórmula desgastada ao extremo, com uma história de alucinações, passado misterioso e loucura. Tudo é muito previsível e o final é o mesmo de centenas de outros filmes similares. É curioso observar como existem profissionais do cinema que ainda insistem com filmes tão insignificantes, ainda mais uma diretora que ficou relativamente conhecida pelo interessante “O Cemitério Maldito”.

Morre o cultuado escritor britânico de ficção científica “Arthur C. Clarke”


(dica de Denis Durval Teixeira, extraída da comunidade do site “Boca do Inferno.Com” no Orkut)

O escritor britânico de ficção científica Arthur C. Clarke, autor do conto que deu origem ao filme 2001: Uma Odisséia no Espaço, morreu nesta terça-feira 18/03/08, aos 90 anos.
Segundo um assessor, Sir Arthur C. Clarke morreu devido a problemas cardiorrespiratórios. Ele estava em sua casa, no Sri Lanka, onde vivia desde 1956.
Durante sua carreira, Clarke publicou mais de cem livros, que venderam milhões de cópias.
Em 1968, seu conto A Sentinela foi transformado no filme 2001: Uma Odisséia no Espaço, dirigido por Stanley Kubrick.
As descrições vívidas e detalhadas de naves espaciais e supercomputadores nos livros de Clarke conquistaram milhões de leitores ao redor do mundo.
Na década de 40, Clarke afirmou que o homem chegaria à lua no ano 2000, uma idéia considerada absurda na época.
Muitos creditam ao escritor o mérito de dar uma face mais humana e prática à ficção científica.
Nascido em Somerset, Clarke era filho de um fazendeiro. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu na Royal Air Force (a Força Aérea Real britânica) em um então projeto ultra-secreto de desenvolvimento de radares.
"Ele estava à frente de seu tempo de tantas maneiras", disse o astrônomo britânico Sir Patrick Moore, amigo de Clarke desde a adolescência. "Um grande escritor de ficção científica, um ótimo cientista, um grande profeta e um amigo muito querido. Estou muito, muito triste com a sua partida."
Depois do fracasso de seu casamento, em 1956, Clarke foi morar no Sri Lanka (então chamado Ceilão), onde desenvolveu interesse por mergulho.
Em 1998, ele enfrentou acusações de abuso de crianças, das quais foi inocentado posteriormente. No entanto, seu estilo de vida pouco convencional continuou a provocar reações de espanto.
Nos últimos anos, Clarke vivia confinado a uma cadeira de rodas em decorrência da síndrome pós-pólio.

O “Cinetrash Astronete” exibirá “Gambling City”, filme italiano de 1975, no dia 19/03/08, em São Paulo


Quarta, dia 19/03: “Cinetrash Astronete”.
No mês de março o “Cine Trash Astronete” faz homenagem ao cinema policial italiano dos anos 70. Mafiosos inescropulosos, tiras corruptos, italianas esculturais, perseguições implacáveis e metralhadoras descontroladas!
Em cartaz: “Gambling City
Direção: Sergio Martino. Itália, 1975. 91 min.

Novamente nossa estrela do crime italiano, Luc Merenda, entra em ação. Desta vez ele é um jogador de cartas profissional que dá um golpe num grande cassino. E se não bastasse, ele ainda leva pra casa a mulher do dono do cassino!!! Péssima idéia... Agora toda a máfia está atrás de um homem. Não precisamos dizer de que lado a mulher do mafioso ficou...
Sessão às 22hs. Grátis!!!

Rua Matias Aires 183. Consolação – São Paulo/SP – fone 11-3151-4568
Site: www.astronete.com.br

O escritor português Emanuel R. Marques terá seu conto “Las Cinco Brujas” publicado na revista espanhola “Miasma”


O escritor português de contos fantásticos / suspense / góticos / urbanos Emanuel R. Marques informa que terá seu conto “Las Cinco Brujas” publicado entre o final de Abril e início de Maio, na revista espanhola de contos de terror e fantástico “Miasma”.
Visite:
www.myspace.com/revistamiasma
www.myspace.com/emanuelrm

Curiosidade: Bar “Boca do Inferno”, em Portugal


Como curiosidade, vejam um flyer de divulgação do bar “Boca do Inferno”, em Lisboa, Portugal.
E visitem o link:
www.myspace.com/barbocadoinferno

(agradecimentos ao amigo I. Strigói pela dica)

Veja as bandas que participarão do evento “Unsilent Metal Fest III”, dia 30/03/08, em São Paulo


Unsilent Metal Fest III - Thrash For Life!
http://www.youtube.com/watch?v=rClnh7eJsBY

Bywar” - Thrash Till Death!
Blasthrash” - Pré-lançamento do disco 'Violence Just For Fun'!
Comando Nuclear” - Apresentando material inédito do novo álbum!
Breakdown” - Show de lançamento do álbum 'Time To Kill'!
Jackhammer” - Speed Metal Crusher!

Data: 30/03/08 – 15h00
Local: Hangar 110 - Rua Rodolfo Miranda, 110 – Centro
Ingressos:
Antecipados: R$ 10,00 (Mutilation Records) + 1 Kg de alimento não perecível na porta do evento.
No local: R$ 14,00 + 1 Kg de alimento não perecível.
informações: www.breakdown.com.br/umf

Divulgação de blog: “Metalsplash”, música, cultura e o melhor do Heavy Metal nacional


MetalSplash - Programa de Heavy Metal voltado para o metal nacional.
O programa conta com a participação de bandas, ao vivo, entrevistas, cobertura de shows, notícias e promoções!
Todos os domingos, das 12h às 14h, através do site: www.alltv.com.br
Para ver as fotos do programa e dos shows acesse:
www.metalsplash.myphotoalbum.com
My Space:
www.myspace.com/metalsplash
Para maiores informações mandem email para:
thiago.pires@alltv.com.br
Confiram em:
http://www.metalsplash.blogspot.com/

Divulgação de evento: Lançamento do livro “A Visitante”, de J. Isaac Huna, dia 19/03/08 na Livraria HQ Mix, em São Paulo


A HQMIX LIVRARIA TEM A HONRA DE CONVIDAR
DIA 19 MARÇO – QUARTA-FEIRA – 19:30 horas
LANÇAMENTO DA REVISTA: “A VISITANTE”
COLETÂNEA DE CONTOS DE SUSPENSE, POR: J. ISAAC HUNA
HQMIX LIVRARIA – PRAÇA ROOSEVELT Nº 142 – Centro - São Paulo/SP – TEL (11) 3258 7740
Não deixe de prestigiar!!

A VISITANTE
Livro A Visitante cujo um dos contos inspirou o filme de suspense LEGION é lançado
“Ninguém me respondeu. Um suor viscoso começou a banhar minha pele arrepiada. Desgrudei os olhos do fogo em direção ao velho, e ele não estava lá. Meu coração quase parou. Depois achei que ia estourar meu peito com suas fortes batidas. A voz, pela segunda vez, soou atrás de mim...”

É neste clima intimista e de suspense que o livro de contos A Visitante, escrito e ilustrado pelo produtor J. Isaac Huna, pretende manter a atenção do leitor numa narrativa de perder o fôlego.
A obra é composta por três contos de suspense - A visitante, Os malditos e O Cemitério de Green Park – sendo que a última história foi a grande inspiradora do filme de suspense Legion, com estréia prevista para 2009.
“O leitor encontra nas 60 páginas situações que retratam o medo presente no inconsciente coletivo, jogando pessoas comuns em situações extremas onde atitudes inesperadas, quase nunca imaginadas, figuram como as melhores soluções”, afirma Huna.
Acostumado com a produção de conteúdo para entretenimento, o produtor, que também é responsável pela criação da Turma da Xuxinha, mostra-se um grande empreendedor. Pois, o livro A Visitante é o primeiro produto previsto no projeto Legion.
Tudo porque a realização do longa tem orçamento enxuto para o mercado, estimado em R$ 80.000,00 reais. Neste valor só está incluído a produção das filmagens que vão ter início em agosto de 2008.
O mesmo já contou com a aprovação da Lei do Audiovisual em 2007.

Sobre o longa Legion
Com roteiro que privilegia uma temática universal, capaz de atingir a todos sem distinção, o thriller de suspense Legion é prova de que é possível fazer cinema de qualidade a baixo custo e sem depender unicamente dos patrocínios gerados a traves das Leis de Incentivo. Mostrando que a liberdade econômica pode ser alcançada, J. Isaac Huna, produtor e idealizador do projeto, implantou um modelo de captação de recursos diferente no Brasil, mas comum nos Estados Unidos: a de convidar as pessoas físicas a serem investidoras do filme.
Assim, todo investidor terá seu lucro garantido em contrato tanto na contabilização da bilheteria quanto na venda de todos os produtos relacionados ao Legion.
O primeiro produto lançado é o livro A Visitante, cujo um dos contos serviu de inspiração ao longa.
Com lançamento previsto para 2009, o filme deve contar com uma equipe jovem, porém criativa, na equipe técnica e um elenco talentoso e independente, além de outras parcerias na área de co-produção, etc.
Locais da cidade de São Paulo e a Vila de Paranapiacaba,SP
( www.paranapiacaba-spr.org.br ) serão explorados como pano de fundo da estória, que promete trazer à tona os aspectos universais do medo, quando o ser humano se defronta com o desconhecido.

Confira o site oficial: www.legion.com.br
Contato com o autor e produtor: 11- 3115 2383 / 9838 2468
Huna Produções Ltda.
ineditos2003@yahoo.com.br
Contatos com Imprensa
Íris Comunicação
Núcleo de Cultura, Arte e Entretenimento Multimídia
Telefone: Cléo Neres (11) 6243 5700 / 9505 8163
E-mail: cleo@iriscomunicacao.com.br

Comentário de filme: “O Olho do Mal” (The Eye, 2008), com Jessica Alba


Depois que os americanos descobriram que na Ásia (Japão, China / Hong Kong, Tailândia e Coréia do Sul) existe uma produção de qualidade de filmes de horror, muitos deles explorando com maestria o tema de fantasmas perturbados, eles iniciaram uma moda de refilmagens desses filmes de sucesso orientais. “O Chamado”, “O Grito” e “Shutter” são apenas alguns exemplos. Agora, chegou a vez do chinês “The Eye – A Herança” (Gin Gwai / The Eye, 2002) ganhar a sua versão americana, “O Olho do Mal” (The Eye, 2008), dirigido pelos franceses David Moreau e Xavier Palud, estrelado pela estonteante Jessica Alba, e que estreou nos cinemas brasileiros em 14/03/08.
Uma violinista talentosa, Sydney Wells (Jessica Alba), perdeu a visão num acidente de infância. Depois de muitos anos cega, ela se submete a um transplante de córneas e volta a enxergar, com a visão retornando gradativamente num processo lento. Porém, além de ter que aprender a identificar novamente cores e formas ao seu redor, ela também precisa compreender a ocorrência de estranhas imagens de vultos e fantasmas relacionados às mortes que ela tem presenciado ou previsto. Sydney recebe a ajuda do Dr. Paul Faulkner (Alessandro Nivola), um terapeuta especialista na adaptação de cegos que retornam a enxergar depois de muito tempo, e juntos eles precisam descobrir quem foi o doador das córneas, e tentarem desvendar o mistério por trás das aparições sinistras.
“O Olho do Mal” é um título nacional péssimo e apelativo, pois poderia ser simplesmente a tradução literal para “O Olho”. Aliás, os títulos nacionais são tão mal escolhidos que geram uma enorme bagunça com os nomes. Esse filme é uma refilmagem de um original chinês que aqui recebeu o nome de “The Eye – A Herança”. Ainda foram produzidas outras duas seqüências da franquia, com histórias independentes, “Visões” (Gin Gwai 2 / The Eye 2, 2004) e “Visões 2 – A Vingança dos Fantasmas” (Gin Gwai 10 / The Eye 10, 2005). Todos os três filmes foram dirigidos pelos irmãos Oxide e Danny Pang.
A refilmagem americana é desnecessária, e só demonstra a falta de vontade e criatividade da mais rica e poderosa indústria de cinema do mundo. Os americanos são tão arrogantes que precisam refilmar as histórias de sucesso de outros países. O público de lá não gosta mesmo de ler legendas e precisam ter seus próprios filmes. “O Olho do Mal” é apenas um filme comum, com alguns sustos previsíveis e a aparição de fantasmas raivosos, mostrando uma história que já foi contada pelo filme dos irmãos Pang, e talvez possa agradar quem ainda não conhece sua fonte de inspiração. Porém, para quem já conhece a história, a produção americana não acrescenta nada, nem para a franquia, nem para o cinema de horror em geral.

Leia a coluna dos dias 15 e 16/03/08 do escritor Roberto de Sousa Causo no “Terra Magazine”

(mensagem de Roberto de Sousa Causo)
Neste fim-de-semana, discuto certos hábitos de leitura daqueles que chamei de "Leitores de um Livro Só", no “Terra Magazine”.
Veja em:
Confira também os drops, com as novidades, em:
Algumas novidades eu adianto aqui:
Mesa-Redonda Sobre os Rumos da FCB: “Os Novos Rumos da Ficção Científica Brasileira”, com mediação de Ana Cristina Rodrigues (presidente do Clube de Leitores de Ficção Científica - CLFC) e participação de Gerson Lodi-Ribeiro, Cristina Lasaitis, Fábio Fernandes, Carlos Orsi, Richard Diegues, Clinton Davison e Roberto de Sousa Causo. Haverá sorteio de exemplares das antologias “Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica” e “Volta ao Mundo da Ficção Científica”. Sábado, dia 29 de março, às 17h00, na Livraria Cultura – Shopping Market Place – Av. Dr. Chucri Zaidan, 902.
A antologia “Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica” (Devir), continua chamando a atenção da imprensa brasileira. Ela havia sido resenhada na “Folha de S. Paulo” por Manuel da Costa Pinto, em “O Globo” por Flávio Carneiro, no “Diário Catarinense” por Dorva Rezende, na “Carta Capital” por Antonio Luiz M. C. Costa, e agora por Dellano Rios no “Diário do Nordeste”:
"Adotada pela nascente indústria cultural, no começo do século passado, a FC ficou associada à cultura norte-americana. Dai talvez o equívoco, nada racional, de se acreditar que no Brasil não se produzem obras do gênero. Os Melhores Contos Brasileiros de Ficção Científica não só prova o contrário, como dá mostras da qualidade do que por aqui se escreveu. A coletânea foi organizada por Roberto Causo, escritor de FC e estudioso das expressões nacionais desse tipo de literatura. A 'Introdução' de Causo cumpre bem o papel de apresentar... o histórico do gênero aos leitores, pontuando ainda as dificuldades do pesquisador e os percalços editoriais enfrentados pelos escritores."
— Dellano Rios. Diário do Nordeste, 15 de março de 2008.

Comentário de filme: “A Invasora” (À L´intérieur, França, 2007)


A França já nos presenteou com o sangrento “Alta Tensão” (Haute Tension / High Tension, 2003), de Alexandre Aja, o mesmo cineasta da refilmagem “Viagem Maldita”. Agora, novamente de lá vem uma outra produção extremamente perturbadora e sanguinolenta, com doses excessivas de ultra violência: “A Invasora” (À L´intérieur / Inside, 2007), dirigida por Alexandre Bustillo e Julien Maury (responsáveis pela refilmagem de “Hellraiser”). Foi lançado no mercado nacional de DVD pela “California Filmes” no final de 2007 e é um daqueles filmes diferenciados, longe da grande maioria de histórias convencionais que são produzidas aos montes em todos os cantos do planeta. Aqui, a violência é crua e o sangue jorra em profusão, manchando a tela de vermelho.

A história é simples, mas eficiente. Uma mulher, Sarah (Alysson Paradis), está grávida e angustiada pela morte brutal do marido numa colisão frontal do carro em que dirigia. Por sorte ela sobreviveu ao acidente, assim como o bebê que carrega no ventre, e agora está esperando seu nascimento. Porém, na noite que precede o Natal, ela recebe a visita inesperada de uma misteriosa mulher (Béatrice Dalle), que logo demonstra ser uma grande ameaça para sua vida, invadindo sua casa e instaurando o caos, desespero e horror no ambiente. Quem será ela e quais seus objetivos?

O filme não economiza no derramamento de sangue e na violência das várias mortes que acontecem. O clima de tensão é constante e intenso, deixando o espectador incomodado e totalmente concentrado nas ações e evolução do roteiro, ávido por saber o desfecho e descobrir respostas para algumas perguntas. As cenas em que aparece o bebê na barriga de Sarah são todas pertinentes e de fundamental importância, mostrando suas reações ao sentir o desespero da mãe na luta pela sobrevivência e na defesa da vida do filho ainda por nascer. A violência contra o ventre da mulher grávida é especialmente perturbadora e pode ser considerado o destaque na aclamada ousadia dos cineastas ao fazerem seu filme. “A Invasora” é altamente recomendável para quem quer ver um filme não convencional, sem fantasias sobrenaturais, fantasmas ou monstros disformes, mas com violência excessiva causada pela pior e mais perigosa criatura: o próprio ser humano.

O fanzine “Adorável Noite” número 27, com contos de vampiros, está disponível para download gratuito


O fanzine “Adorável Noite”, editado por Adriano Siqueira, é dedicado a todos que gostam de histórias e notícias do mundo vampírico.
Traz contos e artigos sobre estas estranhas criaturas da noite.
Nesta Edição:

Contos:
Carta de uma Jovem Renascida – Gisele Luz
Solidão – Humberto Faria de Lima
Jéssica – Lady Debby Lenon
Solidão – Antonio Santos
Poesias:
Tormento Sombrio – Gisele Luz
Sangue – Adriano Siqueira
10 passos para morrer – Adriano Siqueira
Toque Mortal – Adriano Siqueira

Faça o download aqui:
http://www.scarium.com.br/e-books/adoravel04_03_08.html
www.adoravelnoite.blogspot.com

“Marduk”, “Vader” e “Gestos Grosseiros” serão as bandas do “VII Extreme Metal Fest” em São Paulo, dia 21/03




Os ingressos para a apresentação dos suecos do “MARDUK” com os poloneses do “VADER” já estão disponíveis em São Paulo.
A abertura será da banda paulista “Gestos Grosseiros”.
“VII Extreme Metal Fest”
Data: 21/03 (sexta-feira) – Horário: 19:00 hs – São Paulo/SP
Local: Hangar 110 (Rua Rodolfo Miranda, 110, Bom Retiro).
Preço: R$70,00 (inteira) e R$50,00 (meia entrada para estudantes).
Os ingressos antecipados podem ser encontrados na HELLION RECORDS - 1º Andar, loja 280 na Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62 (entrada também pela Av. São João, 439).
Outras datas do evento pelo Brasil:
Data: 20/03 - Campinas/SP – Local: Hammer Rock Bar
Data: 22/03 - Belo Horizonte/MG – Local: Lapa Multishow
Data: 23/03 - Curitiba/PR – Local: Opera 1
Data: 24/03 - Porto Alegre/RS – Local: Bar Opinião

Fonte: www.whiplash.net

A “RVZ Filmes” está disponibilizando a exibição gratuita pela internet de filmes de horror 24 horas por dia


(dica de Marcelo Milici)

RVZ Filmes
Filmes de Terror legendados 24 horas por dia na internet.
http://www.mogulus.com/rvzfilmes
No site tem um link para a comunidade no Orkut, que por sua vez disponibiliza em outro link a programação diária de filmes.

O escritor, pesquisador e colecionador Adriano Siqueira fará palestra sobre Vampiros no evento “Dia do Fã 2008”, em 15/03 na “Estação Ciência”, em São

Evento “Dia do fã 2008” – 15/03/08 – Sábado
Local: Estação Ciência
www.eciencia.usp.br
Rua Guaicurus, 1394 - Lapa - São Paulo/SP
telefone: (11) 3673-7022 - fax: (11) 3673-2798
Horário : das 9h às 17h
14:20 - 14:50 horas - AMOR VAMPIRO- BATE PAPO COM O AUTOR ADRIANO SIQUEIRA
O evento é gratuito, ingresso cobrado é apenas o valor da entrada da Estação. Para nossa Ação Social, pedimos que todos levem 01Kg de alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão doados para a ACEDEM, instituição que cuida de crianças e jovens excepcionais no bairro de São Miguel Paulista.

Comentário de filme: “Palhaço Assassino” (Clownhouse, 1989), escrito e dirigido por Victor Salva


Nenhum homem pode se esconder de seus medos. Eles fazem parte dele. Eles sempre saberão onde ele está escondido

Três irmãos adolescentes, o caçula Casey Collins (Nathan Forrest Winters), Geoffrey (Brian McHugh) e o mais velho Randy (Sam Rockwell), passam a noite sozinhos numa grande casa (o pai está ausente por causa do trabalho e a mãe está fora visitando parentes). Paralelamente, três doentes mentais perigosos escapam de uma clínica psiquiátrica e vão até um circo instalado na região. Eles matam os palhaços que acabaram de fazer uma apresentação e tomam suas fantasias, pintando os rostos e transformando-se nos lunáticos Cheezo (Michael Jerome West), Bippo (Byron Weible) e Dippo (David C. Reinecker), que decidem aterrorizar os jovens, especialmente o coulrofóbico Casey.

Quando o assunto é filme de horror com palhaços, um dos mais lembrados é “Palhaço Assassino” (Clownhouse, 1989), escrito e dirigido por Victor Salva, cineasta mais conhecido por “Olhos Famintos” (Jeepers Creepers, 2001) e a seqüência de 2003. O título nacional é bem ruim e apelativo e quase se confunde com “Palhaços Assassinos”, uma bagaceira cultuada misturando horror e ficção científica, com alienígenas parecidos com palhaços chegando ao nosso planeta e se alimentando dos humanos, cujo título original é o sonoro “Killer Clowns From Outer Space”.
“Clownhouse” aborda intencionalmente a coulrofobia, ou seja, o medo de palhaços, um tema também visto em outros filmes como “It – A Obra Prima do Medo” (It, 1990), baseado em texto de Stephen King. Ele lembra um pouco “Sozinho no Escuro” (Alone in the Dark, 1982), que também tem um grupo de quatro maníacos (com Jack Palance e Martin Landau entre eles) fugindo de um hospício e aterrorizando um grupo de pessoas isoladas numa casa (com Donald Pleasence à frente).
Mas “Palhaço Assassino” não apresenta nada de especial, limitando-se a explorar a fobia por palhaços com um grupo de jovens sendo perseguidos e lutando por suas vidas. Temos algumas boas doses de suspense e as correrias de praxe. Mas, no final, tudo é comum e sem grandes atrativos. Vale conhecer o filme pela curiosidade do tema e por Victor Salva, que ganhou certa notoriedade pela franquia “Olhos Famintos”.

Lançamento da quarta edição do FANTASPOA


No dia 14 de março, sexta-feira, o FANTASPOAFestival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre – volta aos cinemas. Na sala P.F. Gastal, da Usina do Gasômetro, às 21 horas, será anunciada uma série de novidades, pelos diretores João Pedro Fleck e Nicolas Tonsho. O anúncio será seguido da exibição de um filme surpresa e da realização de debate sobre o mesmo. Entre as novidades se encontra a ampliação da duração e da rede exibidora do festival.

A partir desta edição, o festival passará a ter 13 dias (29 de Julho a 10 de Agosto). Nesse primeiro semestre, Fleck esteve na Europa representando o FANTASPOA em diferentes festivais internacionais, entre eles o Festival Internacional de Curta-Metragens de Clermont-Ferrand na França e Fantasporto em Portugal.

O edital do festival está disponível em www.fantaspoa.com desde meados de Fevereiro até o final de Maio. Segundo Tonsho, nos primeiros 30 dias após a divulgação do edital já foram recebidos mais de 100 filmes, entre curtas e longas, de países diversos.

O festival tem co-realização do Clube de Cinema de Porto Alegre, que em 2008 está completando 60 anos de atividades e está com inscrições abertas para novos sócios, maiores informações em www.clubedecinema.com.

Confira uma lista dos livros escritos por “Elizabeth Bathory”

O novo livro de ELIZABETH BATHORY
CONEXÃO PENTAGRAMA
2008, 108 págs, R$ 25,00
Simonni Izzy and Sissy Eiko, duas investigator-bangers de sp baixam à RMC atrás de dados que as levem ao misterioso sumiço da Conexão Pentagrama, uma banda de deathmetal de sp. Encontram a resenha do tal festival num zine num sebo em Campinas e entram em contato no email do editor. Começa ali uma historia de perseguição e terror, numa via-crucis interior-capital, jamais vista nos livros de Condessa Bathory.

O MISTÉRIO DO GOAT CLAN
2008, 98 págs, R$ 25,00
Uma serie de cruzadas religiosas está sendo travada em festivais de heavymetal na região de Campinas pra encontrar o verdadeiro 'Clan do Bode'. Mas à medida que elas avançam, só aumentam o sangue e a duvida. O que seria, onde estaria, que membros agruparia? E quem é a organização misteriosa que promove os massacres?

PIN'UP'S HEAVYMETAL
2007, 72 págs, R$ 20,00
As aventuras de dois headbangers nas violentas estradas da RMC.

A ORDEM DOS NOVE ANJOS
2007, 66 págs, R$ 20,00
Desde que sua irmã adolescente começou a se envolver com rituais de magia negra, headbanger vê estranhos acontecimentos ocorrerem nos festivais de metal pesado onde freqüenta. O que de fato estaria acontecendo? Que motivos tinha ela? E quem é Dona Rone?

A TEORIA DE ADELCIO MARTINS
2006, 90 págs, R$ 20,00
É hora de troca de liderança na cena Heavy Metal da cidade. Mas um erro faz com que um falso headbanger assuma o poder, o que poderá trazer um imenso dano a cena, tão arduamente construída ao longo de anos. Entretanto, uma teoria conspiratória chega rapidamente pra salvar a situação do pior.

VILA MAURICÉIA
2005, 63 págs, R$ 20,00
Headbangers desaparecem misteriosamente em meio a festivais de heavymetal em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais (Montes Claros). Satanismo, sexo libertino e muito metal pesado carimbam esse debut-livro de Condessa Bathory.

Como pedir?
Depósito Banco Brasil – Ag. 1513, Conta poupanca 22.204-6
culturatrashzine@yahoo.com.br

Off Topic: Está disponível para download a tese de doutorado de Marcello Simão Branco, colaborador do site “Boca do Inferno.Com”

(mensagem de Marcello Simão Branco)

Olá!
A minha tese de doutorado "A Democracia Federativa Brasileira e o Papel do Senado no Ajuste Fiscal dos anos 90", já está disponível na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP.
O endereço é:
http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8131/tde-04032008-113736/
Espero que seja útil.
Aproveito para lembrar também que o meu livro "Democracia na América Latina: Os Desafios da Construção (1983-2002)", editora Humanitas/Fapesp, 2007, baseado originalmente em minha dissertação de mestrado, está à venda nas livrarias Humanitas e disponível no catálogo da Livraria Cultura.
Além disso, pode ser adquirido comigo mesmo. Por apenas R$ 25,00, incluindo o frete.
Abraços,
Marcello (marcellobranco@ig.com.br)

Confira o Informativo de Março de 2008 da banda “Of the Archaengel”


Os dark metallers do OF THE ARCHAENGEL estão disponibilizando inteiramente para download gratuíto o seu cd promo "The Dante's Children Extravagance: Chapter Alpha". O material conta com as faixas "Black Raven (Seeing Involution as Evolution)", "The Silence of the Dead Things" e "With The Dragon's Hand" e foi lançado originalmente em 2005, recebendo uma resposta excelente por parte da mídia nacional e internacional, incluindo veículos como as revistas Elegy Ibérica (Portugal), as brasileiras Comando Rock, Roadie Crew, Rock Brigade, RockHard / Valhalla, os portais NovoMetal, Whiplash! e muitos outros. Atualmente a banda está finalizando a produção do seu primeiro álbum, cujos detalhes serão divulgados em breve.
Para conhecer mais do trabalho do grupo e fazer download do cd acesse o site:
Ou a página da banda no MySpace através do link:

Comentário de filme: “Death Proof”, de Quentin Tarantino, segmento de “Grindhouse” (2007)


Death Proof” é o segundo segmento do filme “Grindhouse”, precedido por “Planeta Terror”, de Robert Rodriguez, que foi exibido nos cinemas brasileiros em 09/11/07. Inicialmente previsto para ser também exibido nas telas grandes, e que provavelmente receberia o título de “À Prova de Morte”, o filme dirigido por Quentin Tarantino é decepcionante e surpreendente ao mesmo tempo. Decepciona porque é longo demais e exageradamente chato em infindáveis cenas de diálogos que não acrescentam nada à história. Por outro lado, o filme surpreende por mostrar uma violentíssima cena de choque frontal entre dois carros em alta velocidade, detalhando as inevitáveis mortes sangrentas de seus ocupantes. E também por causa de uma longa seqüência de perseguição de carros, extremamente frenética e realista, sem o uso de computação gráfica, recurso que artificializa as filmagens de cenas similares em outros filmes.

A história é sobre um dublê psicótico, Mike McKay (Kurt Russell), que gosta de perseguir, aterrorizar e matar garotas utilizando seu carro como arma letal. O primeiro grupo de vítimas é formado por Pam (Rose McGowan), Arlene (Vanessa Ferlito), Shanna (Jordan Ladd), Julia (Sydney Taimiia Poitier) e Lanna (Monica Staggs), que sentem a fúria do psicopata e seu carro assassino. Depois, o dublê enfrenta outro grupo mais determinado e disposto a se vingar, formado por Lee (Mary Elizabeth Winstead), Albernathy (Rosario Dawson), Kim (Tracie Thoms) e Zoe Bell (interpretando ela mesma, uma dublê).

Após assistir os dois filmes e os vários trailers falsos de “Grindhouse”, totalizando mais de 3 horas de duração, fica a impressão nítida de que o episódio de Robert Rodriguez, “Planeta Terror”, é super divertido, sangrento e exagerado, e o segmento de Quentin Tarantino, “Death Proof”, apesar das cenas da batida frontal de carros e a perseguição implacável no desfecho, é cansativo e sonolento no excesso de diálogos desinteressantes entre as fúteis garotas. Aliás, empatia com o espectador parece existir apenas com o vilão interpretado por Kurt Russell, pois as mulheres, depois de tanta tagarelice, tornaram-se um convite ao tédio.

Divulgação de filme independente nacional: “A Chácara Maldita”



A Chácara Maldita
A vingança dos mortos!
Para você que é fã de filmes de zumbi, será lançada em breve uma produção nacional, um filme de horror B, o mais sanguinário do gênero. A "Sangueria Filmes" apresenta "A Chácara Maldita", dirigido por Rogério Arten Schiavinato e estralado por Eric de Haas, Rubens Melo e Carol Pereira (como zumbi).
A história do filme se trata de, dois casais festejam o final de semana tranqüilo em uma chácara. Enquanto isso, três amigos estão confusos quanto ao caminho que os levam para uma festa... A vida (ou a morte) dessas pessoas se entrelaça quando cinco zumbis, loucos por carne humana, cruzam os seus caminhos.
Confira o trailer e todas as novidades no site:
http://www.sangueria.com.br/
Para receber mais novidades, basta preencher o cadastro!
Prepare-se para a carnificina...

Divulgação de evento: “II Encontro Mistério & Horror RPG”, dia 30/03/08 em São Paulo


(Dica de Marcello Simão Branco)

Afastei-me convulsivamente do leito e, sem pronunciar uma palavra, como um louco, saí correndo daquele quarto de mistério, de horror e de morte.” – Edgar Allan Poe, Berenice.

No próximo dia 30 de março, no Domingo RPG na Monteiro Lobato, ocorrerá a segunda edição do Encontro Mistério & Horror RPG. Este evento visa reunir jogadores e mestres interessados em histórias cujo estilo narrativo seja mais voltado ao mistério e horror, sejam elas de RPGs como Call of Cthulhu, Crepúsculo, Don’t Rest Your Head, Hell on Earth, Kult, Mundo das Trevas, Unknown Armies e outros especialmente dedicados ao tema, sejam de outros jogos que possam abrigar tal proposta.
Para ajudar a Biblioteca Monteiro Lobato na formação de sua gibiteca, a LUDUS CULTURALIS sorteará um livro de RPG entre aqueles que trouxerem para doação uma revista em quadrinhos com tema infantil, como por exemplo Disney ou Turma da Mônica, em bom estado.
Entrada franca.
Domingo RPG na Monteiro Lobato apresenta:
II Encontro Mistério & Horror RPG
DataDomingo, 30 de março de 2008.
HorárioDas 12 às 18 horas.
Local
Biblioteca Monteiro Lobato
Rua General Jardim, 485
Vila Buarque
São Paulo – SP
CEP 01223-011
Para maiores informações sobre como chegar ao local, clique em
http://portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/cultura/bibliotecas/monteiro_lobato/0009

Pré-inscriçõesPara se inscrever antecipadamente como mestre, envie um e-mail para contato@ludusculturalis.org.br até o dia 28 de março, informando seu nome e as seguintes informações:
Título da Aventura:
Sistema:
Cenário:
Número de Jogadores: 4, 5 ou 6
Resumo:
Mais detalhes estarão disponíveis a partir de 17 de março no site www.ludusculturalis.org.br
A inscrição para jogadores ocorrerá no dia do encontro, que também estará aberto à inscrição de novos mestres.

Sugestões aos Mestres
Algumas ações prévias podem facilitar o andamento do jogo no dia. Trazer personagens prontos, por exemplo, evita que tempo demais seja gasto antes da aventura em si começar, o que aumenta as chances desta não chegar ao seu fim dentro do tempo estimado. Caso o mestre tenha algum tempo disponível durante os preparativos para a sessão, criar a mais alguns destes personagens pode fornecer maiores opções aos jogadores, além de evitar ser pego de surpresa – como no caso de fichas que insistem em sumir dentro da pasta.
Além disso, ter uma explicação rápida preparada sobre o jogo ou cenário evita que o mestre se perca detalhando cada aspecto, cidade, reino, poderes, regras do jogo que irá narrar, mesmo que a partida não use nem um décimo destes elementos. Em aventuras que envolvam mistérios e horror, a falta de informações prévias costuma ser favorável à história a ser contada, oferecendo ao mestre a possibilidade de transmitir sua visão sobre o cenário de uma das formas mais instigantes: deixando os jogadores explorarem eles próprios o mundo no qual seus personagens estão inseridos. Também é uma boa oportunidade para variar as propostas daquele seu jogo predileto, fugindo da repetição de motes como “O Príncipe mandou...”, “Numa luta entre vampiros e lobisomens, o vencedor...” e outros tantos, ou mesmo mostrar como idéias consideradas batidas podem ser aproveitadas de maneiras surpreendentemente cativantes.
Se você faz parte de um site, comunidade do Orkut, lista de discussão, fanzine ou algum outro meio de informação, traga panfletos e distribua a seus jogadores. Além da reunião de pessoal interessado em jogar, nossa intenção com esse encontro é favorecer a troca de informações e divulgação de boas idéias que andam dispersas.

Disponível nas bancas a revista “Mundo dos Super Heróis” número 9


MUNDO TRAZ 50 CURIOSIDADES SOBRE O HOMEM-ARANHA

Dia 14/03 (sexta-feira) chega em bancas a edição 9 da Mundo dos Super-Heróis. A revista traz uma reportagem especial de 22 páginas com 50 fatos sobre o Homem-Aranha. Em formato de dossiê "década a década", são mostrados detalhes curiosos, bizarros e até revolucionários na carreira do maior herói da Marvel, desde a primeira "morte" da Tia May até as recentes mudanças da Guerra Civil.
Inclui as mudanças de desenhistas, estréia de inimigos e coadjuvantes importantes, o surgimento de novos Aranhas e até detalhe do polêmico arco de histórias One More Day. E o melhor: em praticamente todas as HQs citadas, há a indicação em quais revistas saíram no Brasil.

OUTRAS REPORTAGENS DA MUNDO 9
Criador: Jim Lee (8 págs)
Desenhista, roteirista, editor, empresário: a carreira de Jim Lee se mistura à própria história dos quadrinhos dos últimos 20 anos. Conheça sua história.
Mulher-Maravilha de A a Z (6 págs)
Um detalhado histórico de uma das maiores heroínas dos quadrinhos e da TV.
Curiosidades: Superpets (6 págs)Krypto, Ace, Capeto...
Simpáticos ou estranhos, eles são os fiéis amigos dos heróis e estão sempre prontos para o combate.
Entrevista: Adriana Melo (4 págs)
Após ganhar fama como desenhista da heroína Witchblade, a brasileira estréia como a nova artista de Miss Marvel. Saiba os detalhes de sua carreira.
Heróis BR: O Gralha (4 págs)
Conheça o divertido super-herói paranaense, criação coletiva de vários autores. O herói até já virou filme.
RetrôTV: SilverHawks (4 págs)
A idéia era repetir o sucesso dos Thundercats. Mas os SilverHawks tornaram um desenho animado bem criativo.
Coleção: Action-figures (2 págs)
O Homem-Aranha é um dos heróis com maior número de bonecos de ação. Selecionamos algumas peças bem interessantes, inclusive três fabricadas no Brasil.
Super Leitores (6 págs)
Comentários, críticas, textos e desenhos dos leitores.
Artista da Capa e pôster (2 págs)
Os detalhes de criação da capa do Homem-Aranha nas palavras do desenhista Caio Cacau, uma das grandes promessas do mercado brasileiro.

A Revista Mundo dos Super-Heróis tem 84 páginas, formato 21 x 28 cm e custa R$ 9,90.
Lançada pela Editora Europa – uma das cinco maiores editoras de revistas do Brasil – a publicação é voltada tanto para os fanáticos por heróis dos quadrinhos, da TV e do cinema, quanto para leigos que procuram informações curiosas sobre o assunto.
Em 2007 a revista ganhou o prêmio HQMix de "Melhor Publicação sobre Quadrinhos" do Brasil.
Contato:
Manoel de Souza (editor) – (11) 3038-5109
Editora Europa
Redação Revista Mundo dos Super-Heróis
Rua M.M.D.C, 121 – São Paulo/SP – CEP 05510-900

Divulgação de evento: Lançamento da revista de quadrinhos “Tequila Shots”, de Papito e Cláudio Yuge, dia 15/03/08 na Livraria HQ Mix, em São Paulo


A HQMIX LIVRARIA TEM A HONRA DE CONVIDAR
DIA 15 MARÇO – SÁBADO – 19:30 horas
LANÇAMENTO DA REVISTA: TEQUILA SHOTS, POR PAPITO E CLAUDIO YUGE
HQMIX LIVRARIA – PRAÇA ROOSEVELT Nº 142 – Centro - São Paulo/SP
TEL: (11) 3258 7740
Não deixe de prestigiar!!

TIPOS #5 - TEQUILA SHOTS
Série de quadrinhos, que mistura o cotidiano de jovens nos centros urbanos e cultura pop, comemora dez anos. O jornalista e roteirista Claudio Yuge e o ilustrador e designer Papito lançam neste início de ano a quinta edição da revista Tipos, que reúne histórias de um universo próprio, baseado na vida dos jovens dos grandes centros urbanos em meio a muito rock e altas doses de Cultura Pop.
"Tequila Shots" narra a história da amizade entre duas pessoas que decidiram dividir um apartamento, a tradicional "república", enquanto terminam os estudos e trabalham. Eduardo, ou Ed, tem uma vida mais frenética, cheio de baladas, mulheres e rock. Já Toni, introvertido e meio atrapalhado com garotas, não é muito chegado a agitação e vive tentando ser um pouco otimista. E essa diferença é justamente o que vai unir os dois.
"Tipos #5" é comemorativa aos dez anos de trabalho conjunto de Yuge e Papito no "Universo Tipos", em que os vários personagens de cada edição convivem em um local em comum. Todas as edições têm histórias completas fechadas e podem ser lidas separadamente, no entanto, juntas, criam um mosaico de contos interligados.
A revista será lançada inicialmente em São Paulo e, entre março e maio, em Curitiba, Londrina, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
Cada edição tem 24 páginas e a revista volta a ser publicada no formato A6 (10,5 x 15 cm), com o preço de R$ 3,00.

O “Cinetrash Astronete” exibirá “A Man Called Magnum”, filme italiano de 1977, no dia 12/03/08, em São Paulo


Quarta, dia 12/03: “Cinetrash Astronete”.
No mês de março o “Cine Trash Astronete” faz homenagem ao cinema policial italiano dos anos 70. Mafiosos inescropulosos, tiras corruptos, italianas esculturais, perseguições implacáveis e metralhadoras descontroladas!
Em cartaz: “A Man Called Magnum
Direção: Michele Massimo Tarantini. Itália, 1977. 92 min.

O ator italiano Luc Merenda faz o papel do policial Dario Mauri. Recentemente transferido para Nápoles onde sua missão é derrubar o grande chefe da Máfia, Sr. Laurenzi, que acaba de perder um gigantesco carregamento de drogas. Só nos resta saber quem achou!? Filme dirigido por Michele Massimo Tarantini, especialista em comédias eróticas que filmou no Brasil a pérola trash “Perdidos no Vale dos Dinossauros” (Massacre In Dinossaur Valley, 1985), filme de canibais e lésbicas com Carlos Imperial!!!
Sessão às 22hs. Grátis!!!

Rua Matias Aires 183. Consolação – São Paulo/SP – fone 11-3151-4568
Site: www.astronete.com.br

“Olhos Malditos” (Evil Eyes, 2004) é lançado em DVD no Brasil em Março, pela “Daylight Films”


Olhos Malditos conta a história de um escritor que é contratado por um excêntrico produtor de cinema para escrever sobre um cruel serial killer. Porém, enquanto ele desenvolve o script, elaborando maneiras únicas e aterrorizantes para seus personagens morrerem, acidentes similares começam a acontecer com as pessoas a sua volta.
O cineasta Mark Atkins trabalhou em diversos filmes de terror como: Alien vs Predador (2007) e Quando um Estranho Chama (2006). Olhos Malditos é o segundo filme de Atkins como diretor, o primeiro foi Night Orchid (1997).
O galã Adam Baldwin ficou mundialmente conhecido ao interpretar o soldado corajoso, dirigido por Stanley Kubrick, em Nascido para Matar (1987). Além disso, trabalhou ao lado de Robert De Niro em Culpado por Suspeita (1991) e fez grandes produções como: A Liga da Justiça (2001), O Patriota (2000), Independence Day (1996), Colcha de Retalhos (1995) e Radio Flyer (1992).
O escritor George é interpretado por Udo Kier, um talentoso ator que já trabalhou com grandes diretores. Ele esteve em todos os filmes do diretor dinamarquês, Lars Von Trier. Além disso, ainda participou de produções Hollywoodianas como A Liga da Justiça (2001), Armageddon (1998) e Ace Ventura - Um Detetive Diferente (1994). Porém seu rosto característico levou com que trabalhasse em muitos filmes de terror e suspense como: A Sombra do Vampiro (2000), Halloween (2007), Blade - O Caçador de Vampiros (1998), Drácula de Andy Warhol (1974) e Frankenstein de Andy Warhol (1973) e recentemente na obra produzida por Quentin Tarantino, Grindhouse (2007).
O ator Mark Sheppard trabalhou em Medium (2005), Nine Lives - Fugindo do Passado (2004), 24 Horas (2001) e Em Nome do Pai (1993)

Olhos Malditos (Evil Eyes). Dirigido por Mark Atkins. Com Adam Baldwin, Udo Kier, Mark Sheppard e Jennifer Gates. EUA, 2004. Terror, 90 minutos.

Divulgação de blog: “Exóticos e Pitorescos”, de Marcos T. R. Almeida


O fanzineiro, historiador e pesquisador Marcos T. R. Almeida, que tem contos e artigos publicados no site “Boca do Inferno.Com”, e participou da revista em quadrinhos “Boca do Inferno.Com” número 1, informa a criação de um novo blog chamado “Exóticos e Pitorescos”, cujo tema são textos sobre cidades antigas e paisagens exuberantes, que tiveram grande impotância para a história da humanidade.
As primeiras postagens tratam de localidades históricas na Itália: Pompéia, Herculano e Ilha de Capri.
Confiram em: http://exoticosepctorescos.blogspot.com/

O vídeo “Pinóqueo Doidão”, de Rynaldo Papoy, é finalista do “Festival Guarulhos 2.Zero”

O videomaker Rynaldo Papoy informa que seu vídeo “Pinóqueo Doidão”, de aproximadamente 1 minuto de duração, é finalista do “Festival Guarulhos 2.Zero”. A premiação ocorrerá no dia 15/03/08.
O vídeo pode ser visto no “Youtube” através desse link:
http://br.youtube.com/watch?v=LVY_VHhhxrs

Off Topic: “Rambo IV”, banho de sangue de Sylvester Stallone que estreou nos cinemas em 29/02/08


Viva por nada ou morra por alguma coisa” – John Rambo
Sylvester Stallone pode não ser um excelente ator, mas definitivamente é um ator carismático. Seus personagens Rocky Balboa (franquia com 5 filmes) e John Rambo (série de 4 filmes) fazem parte da cultura popular, e quem gosta pelo menos um pouco de cinema de entretenimento, já ouviu falar deles ou assistiu os filmes citados. E Stallone também tem provado ser um talentoso cineasta, dirigindo depois de muitos anos as mais recentes seqüências de ambas as franquias, “Rocky Balboa” (2006) e “Rambo IV” (2008), sendo que este último entrou em cartaz nos cinemas brasileiros em 29/02/08.
Depois de protagonizar três aventuras com muita ação em cenas de guerra (“Rambo – Programado Para Matar”, 1982, “Rambo II – A Missão”, 1985, e “Rambo III”, 1988), John Rambo vive agora na Tailândia, caçando cobras para servirem de espetáculos de entretenimento para turistas, ou alugando seu barco para passeios no rio Salween. Ele é procurado por um grupo de missionários americanos que quer ir até Burma, um país vizinho em guerra civil há dezenas de anos, para ajudar as vítimas inocentes do conflito com remédios e tratamento médico. O grupo é liderado por Michael Burnett (Paul Schulze) e Sarah Miller (Julie Benz), que depois de chegarem numa vila se envolvem num ataque do opressor exército de Burma, sob a liderança do Major Pa Tee Tint (Maung Maung Khin), tornando-se prisioneiros, obrigando o Reverendo Arthur Marsh (Ken Howard) a contratar um grupo de mercenários comandados por Lewis (Graham McTavish) para tentar um resgate. Rambo então é convencido a se juntar ao grupo, fazendo a diferença no conflito e sendo o responsável por uma imensa trilha de cadáveres.
Rambo somente diz algumas poucas frases, limitando-se a fazer cara de durão. É isso que ele é e somente isto basta. O resto é um banho de sangue em cenas violentíssimas de guerra, com crianças brutalmente assassinadas, e evidenciando o quanto desprezível é a raça humana e o quanto frágil e insignificante é o corpo humano, uma massa de carne, ossos, vísceras e sangue, que se despedaça facilmente ao ser alvejado num campo de batalha. “Rambo IV” parece um filme de horror em alguns momentos, com exageradas cenas de violências, decapitações, membros voando pelos ares, cadáveres podres infestados de moscas e sangue jorrando para todos os lados.
Sou fã do primeiro filme da série, que considero um ótimo drama com elementos de ação numa história cativante que estabelece uma empatia entre o espectador e Rambo. Já as duas seqüências seguintes são apenas filmes comuns de ação e guerra, com roteiros superficiais e desinteressantes, em cenas de batalha que soam artificiais demais. Em compensação, “Rambo IV” fecha bem a série, mostrando Stallone ainda em boa forma, tanto como ator como diretor, com poucas palavras e muita ação, encerrando a franquia com o sangue e a violência típicos de mais uma guerra irracional no mundo.